Infiltração e repressão: Serra aplica cartilha de Yeda

Por Marco Weissheimer, do RS Urgente e Carta Maior

O governo José Serra (PSDB) adotou as mesmas táticas policiais utilizadas pela também tucana Yeda Crusius no Rio Grande do Sul. Integram essas táticas, entre outras, duas medidas básicas: reprimir violentamente protestos e manifestações de ruas e infiltrar policiais à paisana nestes protestos e manifestações (mais…)

Anúncios

Drogas: é necessário começar a discutir o tema a sério

Por Chico Cabral*

O protesto pela legalização da maconha marcado para o último sábado, 27/02, foi impedido de acontecer. A polícia compareceu em peso para cumprir ordem judicial e garantir que não haveria manifestação. Em são Paulo é a terceira vez que protestos como esse são proibidos com base na acusação de apologia às drogas, até mesmo a marcha da maconha (que acontece em todo o mundo) é proibida todo ano no estado. (mais…)

Foi noticiado neste dia 22 de setembro, pela Agência Brasil de Fato, que a Rádio Globo de Honduras (nada a comparar com a Globo brasileña) mantém uma cobertura resistente ao governo golpista atualmente empossado.

A atuação dos jornalistas da rádio inclue a transmissão de informações sobre o andamento das movimentações populares contra o golpe e conclames, como o feito na chegada do presidente deposto, Manoel Zelaya, à embaixada brasileira.

Hoje, fontes afirmaram que a rádio foi retirada do ar, mas mantém sua programação intacta via internet.

Para acessá-la, visitem www.radioglobohonduras.com

Face ao que vem acontecendo nos últimos dias, republicamos post deste blog, de 03 de julho, referindo-se aos acontecimentos de 09 de junho.

Cada vez mais parece que, na USP, quem solta os cães não é polícia, mas o inverso.

Bombas, balas e indifenreça

You can fool all the people some of the time, and some of the people all the time, but you cannot fool all de people all of the time

Muito foi dito sobre a ação da PM em 09 de junho passado na USP, sendo assim, queremos repassar um ponto em especial. (mais…)

0611serra1

Por Gilson Caroni Filho, do site Carta Maior

Heliópolis, palco recente de uma seqüência de protestos gerados pelo assassinato de Ana Cristina Macedo, uma adolescente de 17 anos, não é apenas uma megafavela encravada na divisa entre São Paulo e São Caetano do Sul. Mais que isso, é um conto reescrito pelo Poder Público em periferias urbanas. O cenário privilegiado para o estudo de um contexto que caracteriza o modo de existência das classes populares. Suas lutas para se constituírem como sujeitos políticos (mais…)

Universidade para quem?
Dizem que é de todos
Na verdade entram poucos,
mas as vezes parece de ninguém
(mais…)

Apoiamos, iremos e convidamos:

Cartaz_Tribunal Popular

TRIBUNA POPULAR DA RESISTÊNCIA DAS VÍTIMAS DO ESTADO BRASILEIRO

Data: 8 de agosto de 2009, a partir das 10 horas

Local: Sinsprev  – Rua Antonio de Godoi, 88, 2º

Tel. para informações: 3361 7642

Nós, militantes do Tribunal Popular de São Paulo, militantes da causa das vítimas da violência do Estado e, portanto, também vítimas da segurança pública, (mais…)