Paulo Renato Souza_Privataria

Saia curta e privataria

Por Emir Sader*

Uma das maiores tragédias do neoliberalismo foi difundir amplamente o circuito de instituições de ensino privado pelo país afora. No Brasil, foi a “privataria” promovida pelo ex-ministro Paulo Renato – ex aluno, professor e reitor de universidade pública -, que depois passou a ser proprietário de entidade privada de assessoria a instituições privadas de ensino – via de regra, as mesmas que promoveu e autorizou a criação. (mais…)

Anúncios

 

croacia.s

Esta é a primeira publicação de uma série sobre as universidades públicas pelo mundo. A proposta é identificar questões semelhantes inseridas em diferentes contextos, para assim refletirmos o nosso papel enquanto universidade publica no contexto Brasileiro e Latino Americano (mais…)

Recentemente estudante ligado ao movimento estudantil da Croácia, na Universidade de Zagreb,  enviou carta aberta (clique aqui para lê-la) a todo ME da USP, dando ciência das lutas que travam em seu país e em toda Europa contra a mercantilização da educação. Assim que tomaram conhecimento dos fatos ocorridos na USP, em especial da invasão da Polícia Militar, voltou a escrever enviando nota de apoio ao movimento grevista da USP e de repúdio à ação da PM (clique aqui para lê-la).

Hoje, encaminhamos carta-resposta ao supracitado estudante, agradecendo o apoio, bem como levando mais detalhes da realidade vivida por nós, que não é muito diferente da que se passa na Croácia. Destaque-se: ele está ciente de não falarmos em nome do Movimento Estudantil como um todo, mas de um grupo que milita no ME. Situação que é mesma do Dunja Antonovic e seus colegas.

Abaixo, segue nossa carta nas versões em português e inglês. (mais…)