Estudantes da Faculdade de Letras promovem neste mês palestras sobre os livros da Fuvest, todas abertas ao público e ministradas por professores da USP. Além de promover esta importante atividade extracurricular, aproximando a população da Universidade que deveria e deve servi-la, mas nem sempre o faz, tem também o intuito de debater a própria USP para além de seus muros.

Abaixo segue o chamado dos estudantes das Letras, bem como onde encontrar a programação do evento:

Nossa luta é para além dos muros!

Em 2007, durante a ocupação da reitoria da USP, estudantes de Letras da Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas da USP (FFLCH) organizaram – como atividade de greve – um ciclo de palestras sobre os livros cobrados no vestibular da FUVEST. A idéia inicial era unir vestibulandos – em especial aqueles ligados a cursinhos populares – ao ambiente universitário e fazer com eles um debate aberto sobre a universidade pública e seus (des)caminhos. (mais…)

Anúncios
poesia-007

Obra vista de fora

Em oportunidade anterior o “Universidade Para Quem” apontava para o alarmante estado do prédio de letras da Universidade de São Paulo (para ler mais sobre o estado calamitoso da Letras, clique aqui).Naquele momento já atentávamos para o fato que a reforma em andamento estava longe de suprir as debilidades estruturais da faculdade, assim como a superlotação de algumas turmas. No entanto o que antes era alguma coisa, hoje volta a ser coisa alguma. (mais…)

O documento abaixo tem circulado por listas de e-mail, está publicado em diversos blogs, também pode ser encontrado afixado nos murais da FFLCH. Notícias dão conta de que foi entregue cópia ao chefe do DLCV (Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas – FFLCH), bem como à diretoria da FFLCH.

Carta aberta / Abaixo-assinado

Desde que entraram em greve, no começo do mês de junho, os estudantes de Letras da Universidade de São Paulo optaram por não retirar cadeiras das salas de aula, nem mesmo (mais…)

Lotação na Letas faz alunos assistirem aula do lado de fora

Lotação na Letas faz alunos assistirem aula do lado de fora

 

FOGO NA LETRAS

 Breve Histórico

 Em meio à Ditadura Cilvil-Militar o governo estadual paulista percebeu que não era uma boa idéia ter no centro da cidade a contestadora Faculdade de Filosofia e Letras, situada na Rua Maria Antonia (mais…)