setembro 2009


de 01/10   >>  04/10

Galeria Olido:  CineOlido e Sala Azul

Av. São João, 473

ENTRADA FRANCA (mais…)

Estudantes da Faculdade de Letras promovem neste mês palestras sobre os livros da Fuvest, todas abertas ao público e ministradas por professores da USP. Além de promover esta importante atividade extracurricular, aproximando a população da Universidade que deveria e deve servi-la, mas nem sempre o faz, tem também o intuito de debater a própria USP para além de seus muros.

Abaixo segue o chamado dos estudantes das Letras, bem como onde encontrar a programação do evento:

Nossa luta é para além dos muros!

Em 2007, durante a ocupação da reitoria da USP, estudantes de Letras da Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas da USP (FFLCH) organizaram – como atividade de greve – um ciclo de palestras sobre os livros cobrados no vestibular da FUVEST. A idéia inicial era unir vestibulandos – em especial aqueles ligados a cursinhos populares – ao ambiente universitário e fazer com eles um debate aberto sobre a universidade pública e seus (des)caminhos. (mais…)

Foi noticiado neste dia 22 de setembro, pela Agência Brasil de Fato, que a Rádio Globo de Honduras (nada a comparar com a Globo brasileña) mantém uma cobertura resistente ao governo golpista atualmente empossado.

A atuação dos jornalistas da rádio inclue a transmissão de informações sobre o andamento das movimentações populares contra o golpe e conclames, como o feito na chegada do presidente deposto, Manoel Zelaya, à embaixada brasileira.

Hoje, fontes afirmaram que a rádio foi retirada do ar, mas mantém sua programação intacta via internet.

Para acessá-la, visitem www.radioglobohonduras.com

DuplaSerraNunKassab

Do blog do Renato Rovai

O Paulo Henrique Amorim costuma chamá-lo de Zé Pedágio. Excelente apelido.

Mas acho que Serra gostaria de ser chamado de Zé Twittter.

Há algum tempo ele adotou esse bom instrumento de comunicação (principalmente para hard news) como seu passatempo favorito.

Às noites, fica contando para os seus seguidores a música que está ouvindo, o livro que leu e histórias da velha Mooca. (mais…)

congresso01G

Dizem que Suely Vilela tem pretensões políticas, que talvez saia candidata à deputada federal no ano próximo. Se for verdade, depois de tudo o que ela demonstrou, não é de espantar que ache o posto almejado maior do que o que ocupa atualmente. No entanto, dentro da USP talvez não seja apenas Vilela com tais pretensões. Não será nenhuma surpresa se um dos candidatos a reitor sair candidato à deputado federal em 2010. Ou seja, nos cálculos do talvez candidato à deputança, pode entrar duas contas: influenciar de alguma forma no segundo turno das eleições para reitor; usar agora a candidatura a reitor, para projetar o nome pensando em 2010.

Folha

por Conceição Lemes, do blog Vi o mundo

Em 22 de julho, o Viomundo denunciou: Reportagem da Folha sobre gripe suína é totalmente furada; uma irresponsabilidade.

A matéria da Folha de S. Paulo foi publicada no dia 19 de julho, domingo, com esta manchete na capa:Gripe suína deve atingir ao menos 35 milhões no país em 2 meses. Internamente, no caderno Cotidiano, o título  Gripe pode afetar até 67 milhões de brasileiros em oito semanas e o primeiro parágrafo da reportagem, mais atemorizadores, previam uma catástrofe muito pior: (mais…)

por Ed Reynolds

As boas notícias vindas da Prefeitura de São Paulo não param de chegar.

Primeiro veio o anúncio de aumento do preço da passagem de ônibus, atualmente em R$2,30. Se considerarmos que de 2006 a 2009 o subsídio da prefeitura para as empresa de transporte triplicou, dá arrepios ao se imaginar para quanto ele irá após o aumento.  A gente nunkassab.

Depois veio o corte nas verbas de limpeza da cidade. A vantagem, segundo dizem por aí, é que agora, nas ruas, a sujeira estará às claras, enquanto outras abaulam os tapetes. Será que toda a sujeira virá à tona? A gente nunkassab.

Por fim, as crianças não serão deixadas de lado, pois as creches terão uma refeição a menos por dia. Ou seja, menos comida para as crianças! Talvez essa redução de verbas seja para montar um fundo de caixa, visando o pagamento do subsídio dos ônibus em 2010. A gente nunkassab.

Mas não se apavorem! O número de fiscais da lei antifumo não foi reduzido. Portanto, respirem aliviados.

O que preocupa é pensar qual será o próximo corte. O valor destinado à propaganda do prefeito? A gente nunkassab.

Próxima Página »