[Publicado no blog Conversa Afiada]

from    ANA APEOESP

Mais uma vez, professores foram agredidos por policiais e impedidos de realizarem manifestação pública. Um grupo de aproximadamente 200 professores compareceu à inauguração de uma alça de acesso da Estrada Mário Covas aos municípios de Itaquaquecetuba, Suzano e Poá. A inauguração com a presença do governador José Serra ocorreu por volta das 15 horas desta segunda-feira (29/03), no Bairro Varella.

Depois de enfrentar uma barreira policial, a maioria dos professores foi impedida de chegar perto do palco por uma funcionária que identificava-se como sendo da Casa Civil e já avisava: “Professor não entra!”.

Quem conseguiu driblar o bloqueio, ainda foi agredido por policiais.

“Vou registrar um boletim de ocorrência porque restringiram o meu direito de trânsito. O deputado da minha região, José Cândido (presente à inauguração), me reconheceu e pediu que me deixassem entrar. Mas, como fui identificado como professor, barraram o meu acesso. Não somos criminosos”, protesta o professor Douglas Martins Izzo, morador de Itaquaquecetuba.

Anúncios