Midia menteJosé Serra, também conhecido como Zé Pedágio e o último autoritário, segue tocando seu único projeto político consistente: o Planalto em 2010, todo o resto que sua administração faz gravita em torno disso. Com as eleições ficando próximas e o crescimento da candidata petista, Serra precisa de uma pesquisa favorável. Passeando pela imprensa, parece que ela vem. Porém, é preciso estar atento. A “grande” imprensa, também conhecida como PIG, em associação com os institutos de pesquisa e as correntes serristas, podem alterar a metodologia para dar à opinião pública resultado positivo ao governador de S. Paulo. Um golpe nada espantoso tendo em vista a história deste País.

Esse cheiro de manipulação pode ser rastreado em alertas dados por jornalistas que escrevem na internet (clique aqui ou aqui para ver), sendo assim pode ser mais que boato, ainda mais quando se trata de Folha de São Paulo, Estado de São Paulo, O Globo, Rede Globo, José Serra, PSDB etc.

Se podem fazer isso contra um partido que para chegar ao poder abandonou boa parte de seus ideais, adaptando-se a uma forma de fazer política execrável, imaginem o que fazem contra movimentos sociais. Aqui na USP somos chamados de “baderneiros” por nos contrapormos a um projeto mercantilista de universidade. Criminalizam conflitos, que são o motor essencial de avanço de qualquer democracia, para não permitir que para além das elites haja política. Como disse o professor Otaviano Helene, este é um projeto que não admite contestação, não somente aqui mas em todas as esferas. Quando os meios de comunicação são insuficientes na construção do real e na manutenção da docilidade, entre em cena a Polícia.

Anúncios