É sabido que o governador José Serra tomou para si a paternidade de dois projetos, dizendo que foram criados por ele. Mentira. Os projetos são: Programa contra aids e o dos Genéricos. O primeiro é de iniciativa dos médicos Adib Jatene e Lair Rodrigues, o segundo do também médico Jamil Haddad.

Baseado nessa mentira criou outra: disse que esteve no dia 08 de julho, em Genebra, para receber prêmio concedido pela ONU por sua gestão diante do Ministério da Saúde. Isso foi o que ele disse e a “grande” mídia endossou. Na verdade o prêmio foi concedido por uma ONG, esta  presidida pela brasileira Deisi Noeli Weber Kusztra, cujo escritório fica em Curitiba.

A farsa serrista foi desfeita pelo  Luis Nassif, clique aqui e leia mais no blog do Nassif.

PS.: Governador, não precisava ir tão longe e inventar uma história, venha à USP, os estudantes terão imenso prazer em homenageá-lo pelos relevantes serviços prestados às universidades públicas  paulistas. Nunca esqueceremos os decretos de 2007, os vetos ao aumento de verbas para a educação, a Secretaria de Ensino Superior e o 9 de junho de 2009. Queremos agradecê-lo.

Anúncios