O C.U. (Conselho Universitário) que estava marcado para 30/06 deste mês, foi cancelado.

Durante a Ocupação de 2007, o C.U. (Conselho Universitário) não se manifestou uma única vez sobre os acontecimentos que duraram 50 dias e mergulharam a USP numa grave crise. Novamente, em momento delicado, o C.U. (Conselho Universitário) omite-se. Omissão oportuna e sabuja.

Quando mais  se faz necessário o C.U. (Conselho Universitário) se reunir, desmarca-se o que estava pré-agendado.

Certamente esperam pelo esvaziamento do movimento, em especial o que pede democratização da estrutura do poder, contam com as férias de julho e nela o esmorecimento dos que agora estão mobilizados.

Se o C.U. (Conselho Universitário) não se reúne quando em momentos de emergência, para que serve o C.U. (Conselho Universitário): para fazer o trabalho do Palácio dos Bandeirantes, sempre apresentando lista tríplice de candidatos apetecíveis ao Governo? Fazer passar resoluções ao arrepio do regimento? Ignorar o que quer, pensa e diz a comunidade universitária? Defender interesses das fundações? Corroborar os desmandos da Reitora Suely Vilela? Para nada?

Anúncios